segunda-feira, outubro 09, 2006


A Margarida gosta de palavras.
A Margarida começou muito cedo a brincar com as palavras.Eram as suas únicas amigas nas tardes de chuva. As palavras também eram as suas irmãs durante as longas e frias noites de Inverno. Nessas noites em que a cama do quarto escuro parecia sempre grande demais.Margarida, às vezes curiosa, às vezes amedrontada, pegava num do seus livros e agarrava-se às palavras até adormecer.
-Estás sempre a ler até tão tarde. Cansas a vista, dizia a mãe.
Margarida lembra-se das histórias, que a mãe lhe lia, quando ainda era menina.

8 comentários:

Maria P. disse...

Obrigada pela visita à Casa de Maio, deixo a porta aberta...


Longa vida para a aprendiz:)

Escritora Aprendiz disse...

Obrigada, amiga.
Beijinhos

Estranha pessoa esta disse...

Gostei destas margaridas de tons outonais nesta madrugada já fria.
**

Um abraço grande para ti e para este teu novo cantinho :)

António Rosa disse...

És uma caixinha de surpresas. Parabéns pela iniciativa. Longa vida. Cá virei, com todo o gosto, além de ir direitinho para o meu "Anel do Coração", agradecendo desde já o linque aqui do lado.

Beijinhos

Ma Jivan Prabhuta disse...

Gostei do vi e da energia aqui.
Gostei da sua visita também.
Por tudo isso um abraço bem forte e um beijo gostoso!
Obrigado pelo link!
Ma Jivan Prabhuta

Licínia Quitério disse...

As palavras são mágicas. Seduzem-nos, fogem-nos, dizem-nos, dizem-se.
Parece que temos um amor comum.
Força com o novo blog.


Beijinhos.

greentea disse...

gostos com canela e jasmim e ouvir ao som de Arranjuez mon amour, como oiço agora...

vou voltar sempre para ler Margarida , tal como eu propria escrevo historias desde sempre...talvez as historias que nunca ninguemme contou mas que delineei na minha memoria, tal como as vezes me encontro a pensar em frances sem saber como nem porque...

um beijo grande para ti!

Escritora Aprendiz disse...

Grata a todos pela vossa primeira visita.
Espero que voltem sempre, para saber da Margarida.

Beijinhos